Propaganda Eleitoral na Internet: cartilha do TSE orienta partidos, candidaturas e profissionais da comunicação
18 junho

Propaganda Eleitoral na Internet: cartilha do TSE orienta partidos, candidaturas e profissionais da comunicação

O TSE publicou um cartilha e editou um vídeo com as principais regras a serem observadas pelos partidos e candidaturas na propaganda eleitoral realizada na internet.

Útil para candidaturas e partidos assim como, para jornalistas e e profissionais de comunicação digital, o material é importante para, por exemplo, entender melhor as normas para o impulsionamento de publicações no Facebook e Instagram. A ação é permitida no período eleitoral, mas deve ser contratada diretamente por meio das plataformas de mídias sociais, de acordo com a Lei das Eleições.

O uso estratégico – e pago – de ferramentas em busca de maior visibilidade também é uma forma de impulsionamento permitida pela legislação. A informação também consta do material preparado pelo TSE.

Fique por dentro, confira o material abaixo e acesse o PDF.

 

Acesse aqui em PDF a Cartilha do TSE:  Propaganda Eleitoral na Internet – TSE