TJRS concede liminar que impede corte de ponto de grevistas do magistério
1 outubro

TJRS concede liminar que impede corte de ponto de grevistas do magistério

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) concedeu a liminar, na noite desse sábado, que impede que o Governo do Estado corte o ponto dos servidores do Cpers/Sindicato.

Segundo nota divulgada pelo Cpers, o sindicato protocolou na sexta o mandado através da própria assessoria jurídica no TJRS:

“O Comando de Greve do CPERS comunica que ganhamos o mandado de segurança contra o corte do ponto dos educadores protocolado ontem por nossa assessoria jurídica no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul”

“Sartori não poderá cortar o ponto dos grevistas. Mais uma vitória da nossa Greve que continua forte em todo Estado. Seguimos fortes na luta pelos nossos direitos”.

O corte do ponto dos servidores ocorreu última sexta-feira (29/09) quando o Governo do Estado anunciou a decisão após a categoria afirmar que seguiria com a greve geral.

Em Assembleia histórica, com o apoio da comunidade, educadores decidem pela continuidade da Greve

A greve geral completou 27 dias neste domingo. Após o protesto e assembleia realizados nessa sexta, a presidente do Cpers/Sindicato, Helenir Schürer, afirmou que a mobilização continua por tempo indeterminado. “A energia da nossa assembleia, com o acompanhamento de pais e alunos, demonstra que a greve tem muita força. Na próxima semana, vamos em caravana para o interior para ampliá-la”, disse.